Inaugurado para celebrar os laços entre Brasil e Japão, o Memorial da Imigração Japonesa funciona nas dependências do Parque Ecológico da Pampulha.O monumento é composto por dois espaços: a Área Livre e o Salão Vermelho, que é um espaço para meditação.

Trata-se de um importante projeto de arte contemporânea brasileira, o lago simboliza o mar entre as nações e os desafios dos tempos vividos, e a ponte liga não só territórios, mas tempos, ideias e ideais.

A instalação interna possui um invólucro infinito banhado pelo vermelho intenso presente nas bandeiras do Japão e de Minas Gerais. Representa a fusão da simplicidade, do rigor, da vitalidade e da tecnologia das duas culturas. E a exposição ao ar livre tem como foco os aspectos tecnológicos e industriais que caracterizam as ligações entre mineiros e japoneses.

O parque é aberto de terça a quinta-feira, das 8h30 às 17h, para visitas de grupos agendados.
De sexta-feira a domingo ao público em geral. Entrada gratuita.

Regras para visitação:

•   NÃO é permitida entrada com alimentos e bebidas no interior do Salão Vermelho.
•   DESLIGUE seu celular e aparelhos eletrônicos como rádios, micro system, MP3, MP4, etc.
•   Mantenha SILÊNCIO: não pule, escorregue ou grite no interior do Salão.
•   MENORES de 14 anos só entram acompanhados do responsável.
•   Capacidade máxima no interior: 15 PESSOAS.
•   Em caso de chuva, o Memorial ficará FECHADO à visitação.

fonte: http://www.soubh.com.br/pontos-turisticos/memorial-da-imigracao-japonesa/

 


Leave a Comment